ManausRock Bands: Um gole de autoral!

Bom, pessoas, como havia dito no primeiro texto a respeito de autoral, essa que vos fala estará aqui pra divulgar várias bandas autorais que ainda não caíram no gosto do público, justamente por que esse as desconhecem, então, vamos terminar 2011 e começar 2012 falando muito e debatendo sobre autoral.
O trabalho será feito da seguinte forma, divulgar as bandas, contando sua história, origem, trabalhos, agenda e etc.
Interagindo com o público que ainda não foi apresentado  à essa cena alternativa da nossa terrinha.
É claro que vocês tem a liberdade de pedirem sobre qual banda querem saber, podem mandar suas sugestões de apresentação.

Hoje vou falar de duas das super bandas da cena: The Dust Road e Soda Billy, bandas essas que tem um estilo contagiante e que leva uma proposta diferente de tudo o que é normalmente difundido na noite manauara.

A banda Soda Billy é formada por 7 pessoas, que propõem uma mistura nostálgica, graciosa e inteligentíssima de: rock n roll clássico, surf rock instrumental, jazz swing, jump blues, o latin e a soul music.
Com influências magníficas, tais como: Ray Charles, Duke Ellington, Louis Armstrong, Elvis, Bill Haley, Glenn Miller, Louis Prima e B.B King…

Fiel aos arranjos da época (anos 40, 50 e 60) a banda implica   roupagens que resgatam a alma desses anos, nao fugindo do conceito atual, tornando-se um diferencial e uma grande novidade comparado ao que costumamos ouvir nas noites de Manaus, sem exageros e com qualidade.

A banda já se apresentou e se apresenta em diversas casas noturnas locais, o que nos possibilita maior acesso ao seu trabalho.

Os integrantes da banda são:
Tayra Jatobá: Vocal
Matheus Gondim: Guitarra e vocal.
Ricardo Peixoto: Baixo
Tércio Macambira: Bateria
Daniel Jander: Sax, tenor e alto.
Nelverton Rodrigues: Trombone.

Uma banda com conceito “vintage” e extremamente apreciável. Aconselho-vos a conhecer mais a fundo o trabalho dessa galera, comparecendo aos shows.
A banda terá shows no dia 30 deste mês no Jack ‘n’ Blues.
Quer saber mais sobre eles? Então se liga aí:
http://www.sodabilly.com/

http://www.facebook.com/SodaBillyAM

Agora vamos de The Dust Road!

Uma banda iniciada em 2005,  mas que apenas em 2007 estabilizou sua formação e deu início à uma jornada prodigiosa na cena manauara. Com influências de Blues e Rock ‘n’ Roll dos anos 60 e 70 a banda conquistou o público que ainda vive o bom e velho rock in roll. E não foi só em Manaus que eles receberam merecidos aplausos.  The Dust Road já passou por palcos de Roraima, Rondônia, Brasília e São paulo, dividindo palco com artistas de nível nacional, provando que o autoral de Manaus tem seu valor e prestígio.
The Dust Road

The Dust Road tem como integrantes:

  • Cahê Archer – Guitar & Vocals
  • Leo Cólera – Bass & Vocals
  • Gil Santos – Drums & Percussion
  • Collins Freitas – Keyboards

Que saber mais e ouvir o trabalho da banda? Segue:
http://www.thedustroad.com/fr_news.cfm

http://www.facebook.com/pages/The-Dust-Road/10150104804690206

No site da banda você encontra camisas, vídeos da banda, além de acompanhar tudo isso apreciando a boa música dessa galera.

Bom galera, o que escrevo é o básico sobre as bandas, peço a vocês que compareçam aos shows que são divulgados aí pra todo mundo por redes sociais e afins.
Acho que tá na hora de curtirmos um pouco mais de novidade, não concordam?
Então ta aí mais uma das minhas dicas de bandas aqui de Manaus que fazem seu som próprio, correm atrás do que querem, não querem o lugar de ninguém, querem apenar mostrar seu trabalho. Já que podemos pagar para ver bandas de fora, por que não pagarmos uma mera quantia para ver coisa da nossa cidade?
Pois bem, o que quero deixar claro também é o seguinte, estamos todos na mesma cena, senhores “autorais” então não vejo por que nos canibalizarmos enquanto podemos nos unir em prol da causa e expandir assim a nossa cena.
Todos estão com o mesmo propósito, divulgar seu trabalho e ter seu devido reconhecimento, então, não há por que estabelecer linhas de separações entre bandas ou mesmo limitando-se à ir apenas em shows de seus parceiros de bandas ou amigos.
A cena ta aí e ta aí pra crescer.
Envolver-se em picuinhas estabelecidas como uma espécie de guerra, uma arena de gladiadores onde de um lado luta o “autoral” e de um outro o “cover”. Esse tipo de coisa não leva nada, cada um está aí trabalhando, cada classe está divulgando seu trabalho.
Não, não tem nada a ver com lição de moral, tem a ver com CONSCIÊNCIA!
Sejamos sensatos e vamos à frente!
Música nos move, e foi feita para pacificar!

Paz e Rock ‘n’ Roll, galera!

Anúncios

2 comentários sobre “ManausRock Bands: Um gole de autoral!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s