Bandas amazonenses sonham tocar em festival de ‘heavy metal’ na Alemanha

Banda Snatch é uma das atrações locais que está na disputa Foto: Divulgação

Seletiva local está marcada para este sábado, no Vitrola Music Hall. A campeã da noite vai participar da disputa nacional, que acontece em São Paulo.

Pela segunda vez, o Amazonas participa do Metal Battle, a seletiva nacional para o Wacken Open Air (WOA), que é o maior festival de heavy metal do planeta, realizado todos os anos na Alemanha.

Cinco bandas de cada Estado brasileiro concorrem a uma vaga para representar o País no evento. A seletiva regional acontece no sábado, às 22h, no Vitrola Music Hall, na Avenida Mário Ypiranga Monteiro,  define o representante amazonense.

As bandas Sarcásticos, Nekrost, Snatch, Hipnose Death e Necroblood sobem no palco exatamente nesta ordem e cada uma tem meia hora para apresentar músicas autorais. Os grupos foram previamente selecionados pela equipe da revista Roadie Crew, que organiza o evento no País. A banda vencedora participa do Wacken Rocks Brasil em São Paulo e, caso vença o concurso nacional, ganha o pacote para ir ao festival na cidade alemã de Wacken.

Além da visibilidade internacional, o sonho das bandas é o prêmio do ‘Wacken’ – um contrato com uma gravadora alemã. Para o baterista da Snatch, Henrique Martins, a recompensa é mais do que um benefício para a banda. “É uma forma de mostrar ao mundo o trabalho produzido aqui na nossa região”, explicou. Ele afirma que, desta forma, os grupos amazonenses também ganham visibilidade nacional e internacional.
Henrique afirma que seu grupo está “confiante na medida do possível” e acredita que tem grandes chances de representar o Amazonas, devido à riqueza musical da banda, que mescla metal com estilos como bossa nova.

Organizador do evento em 2010, o vocalista da Sarcásticos, Ehud Abensur, preferiu deixar a organização este ano para concorrer e está ansioso pelo show. Para ele, esta é a ferramenta mais rápida que uma banda de metal tem para chegar a algum lugar de destaque.

Em todas as ‘regionais’, a avaliação é feita por pelo menos cinco jurados, além do público. O editor da Roadie Crew, Airton Diniz, explica que os jurados devem escolher o grupo como se fossem empresários de grandes gravadoras. Cada um escolhe três bandas, em ordem de prioridade, para que a votação seja mais justa. Diniz afirma, ainda, que a participação dos fãs é uma regra brasileira e difere dos demais países. “Além dos jurados, que são pessoas do meio musical e têm experiência na área, o público participa da votação na compra do ingresso”, explicou. Isso acontece por que, segundo Diniz, o público é o maior termômetro da aceitação das bandas.

fonte: D24Am – por: Larissa Veloso

 

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Sem-categoria

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s