Iron Maiden: Megapalco para o show em Belém

Megapalco que está sendo montado em Belém simula estação espacial, cenário da turnê “The Final Frontier”. O avião Ed Force One traz 12 toneladas de equipamento.


O palco da “The Final Frontier World Tour 2011” simula uma estação espacial. O cenário inspirado na capa do disco homônimo é o lugar onde o astronauta da música “Satelite 15… The Final Frontier”, primeira faixa do disco, relata o desespero da chegada da morte. No espaço, ele enfrenta a solidão e a angústia de não poder dar o último adeus. O satélite parece não funcionar e o comando da Terra não responde ao seu chamado. Enquanto o fim se aproxima, o homem preso no espaço vê flashes de sua vida. Aguarda a morte que não deixará rastos porque lá é a fronteira final.

Os números referentes ao palco que ambienta a narrativa dão a prévia do espetáculo. Na bagagem do Ed Force One, Boeing 757 pilotado pelo capitão e vocalista da banda Bruce Dickinson, traz parte da estrutura do show. 12 toneladas de equipamento de som, instrumentos musicais, amplificadores e cenário. O palco que está sendo montado desde segunda-feira terá mais de 360 metros quadrados e 12 metros de altura. O palco ainda terá um prolongamento de mais de dois metros que possibilitará aos músicos chegar mais próximo do público.

A recomendação do avanço frontal é do próprio Iron Maiden que enviou a planta do palco há três meses para Belém. As produtoras que organizam os eventos em cada cidade foram instruídas a montar o palco adequado ao cenário, à banda e ao mascote Eddie. Os ingleses não economizaram no cenário, canhões de luz, telões de LED e efeitos especiais. Flashes de cores quentes e frias dialogam com a pulsação das músicas e simulam no palco o que seria a visão do espaço sideral.

A produção do show envolve mais de 100 pessoas da equipe do Iron Maiden. Em Belém, mais 300 pessoas trabalham na montagem de toda a estrutura. Um trabalho realizado há quase uma semana, cerca de 24 horas por dia. “(O show do Iron Maiden) mostra que Belém pode entrar no cenário internacional dos grandes shows”, observa o coordenador de produção do show em Belém, Kleber Martins. Segundo ele, o palco foi construído de forma a atender as exigências das apresentações musicais internacionais. “O público vai assistir o maior show que Belém já viu”, promete.

A organização do evento garante um espetáculo seguro. A equipe de segurança será proporcional ao público. Área vip e pista estarão separadas por uma barricada que também separa o público do palco. Segundo a organização, o equipamento suportará a ansiedade dos fãs de chegar mais próximo dos ídolos. Quem comprou ingresso na área vip terá direito a buffet, mas também haverá venda de comida e bebida para pista e camarote. Os ingressos continuarão à venda amanhã. A bilheteria do Cidade Folia será aberta às 9h. Na central Bis da Av. Braz de Aguiar, as vendas se encerrarão às 14 horas.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Sem-categoria

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s